Você quer um Parto Normal após 1, 2 ou 3 cesáreas? 7


parto agua

Você está grávida e embora tenha 1, 2 ou 3 cesáreas anteriores, tem o desejo de viver a experiência de um parto normal?

Você conversou sobre isso com seu obstetra e ele disse que é muito perigoso ter um parto normal depois de cesárea? Ele te disse que se você entrar em trabalho de parto, seu útero vai romper e que você e seu bebê não tem chance de sobreviver?

É… eu sei. Eu também ouvi isso de 21 obstetras. Mas eu já tinha passado por 2 cesáreas e eu não podia me conformar com mais  uma!

E eu fui estudar. Fui me informar. Encontrei dados estatísticos que me mostraram que entrar em trabalho de parto e passar pela prova do trabalho de parto  era mais seguro do que enfrentar uma 3a cesárea.
Você pode escolher ler artigos como este, que demonstram com base em evidências científicas (e não em achismos) os riscos de um parto normal após 3 cesáreas.
 http://vbacfacts.com/2012/09/13/thoughts-on-vba3c-vbac-after-three-or-more-prior-cesareans/
A Dra Melania Amorim, também reuniu evidências neste artigo sobre parto normal após 3 cesáreas:
http://estudamelania.blogspot.com.br/2012/08/estudando-vbac-1-experiencias-de-vba3c.html
Ou pode ainda conversar com mulheres que conseguiram parir após 2 ou 3 cesáreas, mesmo quando todos tentaram convencê-las de que isso era muito arriscado e perigoso? Que tal?
A parteira urbana e obstetriz Ana Cristina Duarte,  reuniuaqui uma lista, que é atualizada toda vez que uma mulher enfrenta o sistema, se empodera, assume a sua gestação, seu parto e o nascimento do seu filho como DELA.
Se você, assim como eu também senti, sente a necessidade de vivenciar essa experiência e o desejo de proporcionar um nascimento seguro e respeitoso ao seu bebê, converse com uma delas. Duas, três, todas! Tenho certeza que elas, assim como eu, terão imenso prazer em te ajudar a construir o seu parto após cesarea(s).
Elas puderam! Elas conseguiram! Você pode!
 
 


Sobre Gisele Leal

- Acompanhamento da Gestação - Preparação para o parto (individualmente ou em grupos) - Consultoria para a escolha de profissionais e locais de parto - Elaboração do Plano de Parto - Dia da Despedida da barriga, barriga de gesso - Acompanhamento do Trabalho de Parto, Parto e Pós-parto imediato - Assistência ao Parto e puerpério - Consultoria em Aleitamento Materno - Fotos do parto, da família e da gestante

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 pensamentos em “Você quer um Parto Normal após 1, 2 ou 3 cesáreas?

  • Lívia

    Parabens pelo belissimo trabalho blogueiras do Mamiferas!Não tenho filhos ainda, mas meu sonho é ter filhos e ter por parto natural – embora eu seja hiper sensível pra dor e tome remédio cada vez que uma simples cólica comece! Vivem me dizendo que eu não vou conseguir ter porque sou muito fraca pra dor mas pelo q venho lendo isso é muito relativo certo? A experiencia da dor do parto não tem como comprar com outro tipo de dor porque deve ser muito emocionante tb. Tb tenho divulgado muito o que aprendo aqui e em outros blogs pra pacientes – sou assistente social – no sentido de encorajar a gestante ao empoderamento!Abraços.Lívia

    • Gisele

      Livia, obrigada pelo carinho!!!
      Sim, a experiência da dor é muito particular, eu em especial, choro até para tirar a sobrancelha (tanto que desisti!!!! rs)
      A preparação para o parto, para o que vc vai sentir é fundamental para encarar a dor como parte do processo e não como sofrimento.
      Beijos e conte comigo!

  • Talita Cruz

    Muito obrigada pelo texto! Minha filha tem 7 meses e nasceu de cesárea… Desconfio, cada vez que leio mais sobre o assunto, que pode ter sido desnecessário o procedimento cirúrgico. O diagnóstico foi sofrimento fetal após uma cardiotocografia feita no TP. Isso ainda me dói muito… Mas espero um novo final nas minhas próximas gestações, se Deus quiser… Um abraço e parabéns pelo trabalho!

    • Gisele

      Talita, obrigada pelo carinho!
      Não temos como saber se sua cesárea foi necessária ou não. Em geral quando há um padrão preocupante numa cardiotocografia, repete-se o exame após a mulher trocar de posição e se alimetnar. Se você estava em jejum, ou permaneceu deitada de barriga pra cima, pode-se ter um resultado não condizente com a realidade. Por isso precisamos conhecer as recomendações científicas atuais para exigir o direito de nos alimentar e deambular. Os estudos mais recentes demosntram que para gestantes de baixo risco a ausculta com o sonar mostra melhores resultados versus a monitoração continua com cardiotoco.
      Sinto muito pela sua cesárea. Parabéns pelo seu bebê! beijos