Resistindo às tentações 1


Este post, é post pra mais de metro. Mas vou falar só sobre a noite passada. Vou falar por mim.
Eu sofro tentações o tempo todo. Nesta noite, resisti à tentação de lascar um Tylenol ou uma Dipirona na Catharina.
Ela acordou à 01 da manhã, o que já é raro. Ela dorme a noite toda, não acorda nem para mamar desde que nasceu.
Como não bastasse, amamentei, mas ela continuou chorando… Sabe aquele choro de desconforto? Eu tinha notado o dia todo que ela estava doida pra morder qualquer coisa ou qualquer um que chegasse perto dela. Fiz uma massagem na gengivinha dela com o me dedo e notei uma pequena, minuscula pontinha de dente, tão pequena que mais parecia uma pontinha de agulha apontando… massageei, e a cara dela era de morrer de rir… sabe aquela carinha de prazer? Pois é… bom, voltando à madrugadada ela chorava inconsolavel… Eu coloquei no peito novamente, e ela dormiu no peito e é claro, nada de largar… Sentia-se mais segura no peito… Depois de uma hora mais ou menos, consegui colocá-la no berço, saí na ponta dos pés… Queria deixa-la no meu quarto, mas o meu quarto estava uma geladeira. O quarto dela estava mais aconchegante… Voltei pra minha cama, e após 40 minutos ela acordou chorando novamente. Quando a peguei no berço, percebi que ela estava quentinha… aquele calorzinho diferente, ardido que só a febre deixa no rosto das crianças. Pensei: E agora? Febre??? Ai ai… dou um anti-térmico? Aí lembrei da Dra Sandra LK (homeopata) dizendo que febre é bom, que não temos que interromper a febre… Tirei o excesso de coberta dela e dei mais peito. Ela dormiu novamente no peito. Depois de uma hora, acho que já era quase umas 4 horas da manhã, consegui colocá-la no berço novamente. Voltei pra cama, congelando. Maridão me esquentou…. Cacá começou a resmungar. Resisiti novamente a tentação de levantar… Resmungou umas 3 vezes e dormiu. Ufa… consegui dormir até as 7, quando ela novamente acordou… Fresquinha, sem qualquer sinal de febre e com o humor muito melhor que ontem.
Fiquei bem feliz por não ter dado o anti-termico pra ela… é difícil, mas fiquei pensando nos benefícios de encher o corpinho dela de química. Optei por ar aconchego, carinho e peito. E deu certo. É cansativo? Bastante. Seria mais fácil,  menos desgastante ter lascado um analgésico e anti-termico…. mas eu optei por respeitar o corpinho dela, e a reação que talvez seja pelo dentinho que está apontando. Se estou certa? Não sei, mas sigo meus instintos de mãe de 3 e só estou fazendo o que acho que é melhor para ela.

Que charme essa gatinha com a barriguinha de fora!


Sobre Gisele Leal

- Acompanhamento da Gestação - Preparação para o parto (individualmente ou em grupos) - Consultoria para a escolha de profissionais e locais de parto - Elaboração do Plano de Parto - Dia da Despedida da barriga, barriga de gesso - Acompanhamento do Trabalho de Parto, Parto e Pós-parto imediato - Assistência ao Parto e puerpério - Consultoria em Aleitamento Materno - Fotos do parto, da família e da gestante

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Resistindo às tentações