Quem é a Doula?


Doula é a profissional que tranquiliza a mãe neste momento tão importante.
Quando chega a hora ter o filho, a mãe fica cercada de carinho e cuidados. É o pai da criança dando apoio e o obstetra pronto para trazer a criança ao mundo. Mas existe alguém de fundamental importância neste processo. Ela é chamada de doula, profissional encarregada de prestar apoio à mãe pré e pós parto. Em Danbury, Connecticut, duas brasileiras atuam na função.
Segundo a Associação Nacional de Doulas (ANDO) – Regional Rio de Janeiro, após uma década de pesquisas científicas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e alguns países, incluído o Brasil, reconhecem a contribuição da doula. Na presença dela, o parto tem mais rapidez e tranquilidade, e as complicações tanto maternas quanto fetais são bem menores. A palavra doula vem do grego “mulher que serve”.
No ramo há 10 anos, Regina Colletes já atendeu muitas brasileiras quando atuava como doula particular. No hospital local há cerca de quatro anos, ela ressaltou que o parto é uma das coisas mais sagradas. “Quando você tem alguém que dá apoio, a satisfação é maior”, disse.
Segundo ela, está comprovado que o trabalho da doula reduz imensamente a depressão pós-parto, aumenta o laço entre a mãe e o bebê e o aleitamento materno tem mais sucesso, quando a mãe sente que tem apoio. Ainda segundo ela, o preparo no período antes do parto é de suma importância.
O primeiro parto de Andréa dos Santos teve o auxílio de Regina. Segundo ela, sem a presença da doula teria sido muito difícil. “É um conforto a mais”, disse. A brasileira sentiu como se tivesse a própria mãe, quando Regina segurou a mão dela. Já no segundo parto, Andréa teve a presença de Cleo. Foi um parto um pouco mais complicado, segundo ela, mas que com certeza se tornou mais leve, graças à presença da doula.
“Ajuda demais”, disse Lívia Vieira, sobre o trabalho da doula. O parto difícil se tornou mais leve graças às técnicas aplicadas, como a de respiração, segundo a brasileira. Se optar pelo segundo filho, Lívia disse que utilizará novamente os serviços de uma doula.
Desde outubro de 2009, Cleo Brostel tem classes para se tornar uma doula. As aulas são ministradas por uma instrutora certificada da Dona International, organização sem fins lucrativos que treina doulas. De tanto atuar em partos como voluntária, a brasileira foi incentivada por médicos a estudar a função.
Espécie de estagiária, Cleo explicou que a função da doula é de prestar apoio psicológico e emocional às mães, aplicando técnicas de relaxamento e massagem. “A doula acompanha a mãe desde as primeiras etapas do parto até o nascimento do bebê”, disse. Como doula, ela já atendeu oito brasileiras no hospital local. Segundo ela, as parturientes não conheciam a função. “A reação delas foi fantástica”.
De acordo com Cleo, não existe forma da doula diminuir a dor. O que ela faz é aplicar técnicas para que esta dor seja amenizada. O ambiente precisa estar totalmente silencioso ou preenchido por uma música relaxante.
Segundo a Dona Internacional, está comprovado que a doula diminui intervenções como a cesariana e aumenta a satisfação maternal. Ainda conforme a organização, o trabalho da doula age também sobre os bebês. Na presença da profissional, existe mais chance de um bebê não ficar no hospital sob cuidados especiais.
O contato de Cleo com as mães começa com cerca de três entrevistas antes mesmo do parto. No caso das brasileiras, ela decidiu acompanhá-las nas últimas visitas ao médico, a fim de obter o maior número possível de informações sobre a gravidez. Assim, as técnicas da doula poderão ser aplicadas com melhores resultados. Cleo lembrou que a doula não aplica procedimentos médicos. “Não checa a paciente, não aplica anestesia, não mede a pressão”. Segundo Cleo, que ainda está estudando para atuar como doula no pós-parto, este trabalho é importante inclusive para o desenvolvimento do bebê.
Ainda segundo a ANDO, a demanda por doulas no Brasil vem crescendo de forma significativa. Estima-se que existam de 10 a 12 mil doulas na América do Norte, ainda segundo a associação.
FONTE: http://fisiodoula.blogspot.com/


About Gisele Leal

- Acompanhamento da Gestação - Preparação para o parto (individualmente ou em grupos) - Consultoria para a escolha de profissionais e locais de parto - Elaboração do Plano de Parto - Dia da Despedida da barriga, barriga de gesso - Acompanhamento do Trabalho de Parto, Parto e Pós-parto imediato - Assistência ao Parto e puerpério - Consultoria em Aleitamento Materno - Fotos do parto, da família e da gestante

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *