Guest Post: Ser mulher é fazer política 2


Ontem fiz minha declaração de voto na página do facebook. Veja aqui.
Essa declaração de voto rendeu uma série de comentários de protesto. Onde já se viu, eu Gisele Leal, postar sobre política na página do Blog Mulheres Empoderadas?
Comecei até a responder alguns, mas… desisti… não adianta… Nadar contra correnteza só cansa…. E foi bom, porque postar sobre o voto, me deu uma certa noção do perfil de quem segue a página do blog. e VAleu mais a pena ainda quando hoje, recebi inbox um texto de uma leitora sob o título: Ser mulher é fazer política.
Como não me emocionar com essa manifestação de carinho?
Me emocionei, meu peito se encheu de alegria e esperança. Por isso o divido com vocês 😉

Ser mulher é fazer política.

Por Marília Grabriela.

Marília Gabriela Viana Jornalista e Designer Gráfico no seu canto próprio chamado "assim". Hoje, com 28 anos, espera a chegada de Julieta para somar à sua vida com seu amor e pai da filha. Acredita na política e faz dela uma aliada para a vida. Entre outras características, gosta de coisas que a arranquem um suspiro do nada e um sorriso ao vento.

Marília Gabriela Viana é jornalista e designer gráfico no seu canto próprio chamado “assim”. Hoje, com 28 anos, espera a chegada de Julieta para somar à sua vida com seu amor e pai da filha. Acredita na política e faz dela uma aliada para a vida. Entre outras características, gosta de coisas que a arranquem um suspiro do nada e um sorriso ao vento.


 
A mulher empoderada discuti política sim
E toma lado quando um dos lados a representa
Mas caso não represente tanto, a mulher empoderada é aquela com dose crítica o suficiente para pesquisar e cobrar dos lados que lhe cabem
Ela sobe no salto ou vai de rasteira com os filhos nos braços protestar
Não somente em manifestações não caracterizadas políticas
Mas ela se veste para ir ao mercado mais em conta, ao estacionar na vaga preferencial na rua, ao sorrir para o amigo que propõe mudanças insólitas
A mulher empoderada não se acanha em subir no palanque da vida
E soltar a voz por salários dignos – e não maior ou menor –, que garantem a ela sua mais sincera contribuição ao mundo: seus filhos
Que hoje comem não apenas ovo frito, mas carne fresca misturada com arroz e feijão carioca
Esta mulher empoderada está por toda parte
Da periferia aos bairros nobres
Ela não se diferencia pelo nível social, mas se junta para subir a níveis de entendimento cada vez mais condizentes com sua postura, empoderada
Ela samba, mas ao chegar em casa após o dia corrido na cidade grande, para tudo e escuta o rouxinol chamado Chico que a massageia da cabeça aos pés
A mulher empoderada faz política o tempo todo!
E, caso você não saiba o que é fazer política ou mesmo pensa que não faz, preste atenção: política é também a luta do seu ego com o do colega de trabalho; é procurar a melhor creche para sua cria; é caber dentro de si uma vontade nativa de ser mulher; é questionar seu médico; é se acalentar com uma equipe de parto humanizado que te representa. Ser mulher é fazer política. Não só em eleições presidenciais, mas na vida.
____
Que domingo Dilma seja a mulher política que eu gostaria de ver em maior escala daqui quatro anos!!!


About Gisele Leal

- Acompanhamento da Gestação - Preparação para o parto (individualmente ou em grupos) - Consultoria para a escolha de profissionais e locais de parto - Elaboração do Plano de Parto - Dia da Despedida da barriga, barriga de gesso - Acompanhamento do Trabalho de Parto, Parto e Pós-parto imediato - Assistência ao Parto e puerpério - Consultoria em Aleitamento Materno - Fotos do parto, da família e da gestante

Leave a Reply to Silvia Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

2 thoughts on “Guest Post: Ser mulher é fazer política