11/12/13 – E o baby-boom de cesáreas agendadas 2


cosmos 111213

Escrever sobre nascimentos em datas cabalísticas me dá uma preguiça… preguiça de saber que tem gente que agenda o nascimento do filho só porque a data é bonitinha.

Quando a gente achou que a ultima data bonitinha tinha sido em 12/12/12, aparece mais essa: 11/12/13.

Apenas parem!

Existem centenas de estudos sobre a importância do trabalho de parto, da importância do feto estar realmente maduro para nascer. Países desenvolvidos, cujos indicadores obstétricos atendem o que recomenda a Organização Mundial da Saúde quanto à mortalidade materno-fetal não agendam os nascimentos dos bebês. Agendar uma cesárea é uma roleta russa. Na maioria das vezes não vai acontecer nada. Seu bebê vai ficar na UTI por algumas horas para melhorar do “cansaço”, do “desconforto respiratório” enquanto a mulher fica na sala de recuperação da analgesia.  A conexão que se estabeleceu por 9 meses entre mãe-bebê vai ser desfeita abruptamente e haverá a separação por algumas horas (ou dias!!). Mas tudo bem né? O importante é que a mãe não sentiu dor e o bebê depois ficou bem.

Pois saiba que o Brasil tem indicadores preocupantes de morbidade materno-fetal. E saiba que nem sempre os bebês ficam bem. Aqui tem um relato escrito por uma mãe (e pediatra) que perdeu seu bebê devido à cesárea agendada. http://www.e-familynet.com/phpbb/relato-do-meu-pc-muito-triste-t733575.html

Assim como este relato, existem outros, muitos outros. Porém as mulheres não escrevem, não entendem que foi a cesárea agendada responsável por levar seu bebê pra UTI e muitas vezes a óbito. Essa mulher tem essa consciência porque ela é pediatra. Não pôde se enganar. Imagino a dor dessa mulher.

Gostaria de entender, como você obstetra, que estudou “tantos anos” para se formar, induz uma mulher a agendar sua cesárea e, se isso vem a pedido dela, como concorda com uma prática proibida? Sua função é informar, e apenas intervir cirurgicamente em casos especiais. Como você, que agenda cesáreas para organizar melhor sua agenda, consegue dormir tranquilamente?

Espero que todos os bebês que nascerem neste 11/12/13, estejam minimamente maduros. Que não precisem de UTI. Que possam estar no colo e no seio de suas mães. Esse é meu verdadeiro e genuíno desejo. Desejo ainda, que este texto chegue a mulheres que agendaram prematuramente suas cesáreas para não interromper as festas de natal e ano novo. Não tirem o bebê do útero materno antes dele estar pronto. Como mulher e feminista, eu defendo que toda mulher tenha o direito de escolher a via de parto, desde que seja uma escolha consciente e informada (e não achando que a cesárea é mais segura por exemplo). Porém, se você tem pânico de um parto normal, pelo menos espere a hora do seu bebê nascer. Espere a bolsa romper, espere sentir as primeiras contrações de trabalho de parto. Respeite a hora dele nascer.

Se você não tem pânico de parto normal, mas acredita que a cesárea é melhor para você e para seu bebê, por favor se informe. A cesárea traz 3 vezes mais risco de morte para mãe e bebê, 7 vezes mais riscos de complicações, infecções, internações prolongadas e em UTI. Procure um grupo de apoio à gestantes em sua região. Procure uma Doula. Você e seu bebê merecem ter um momento inesquecível, maravilhoso, único.

 


About Gisele Leal

- Acompanhamento da Gestação - Preparação para o parto (individualmente ou em grupos) - Consultoria para a escolha de profissionais e locais de parto - Elaboração do Plano de Parto - Dia da Despedida da barriga, barriga de gesso - Acompanhamento do Trabalho de Parto, Parto e Pós-parto imediato - Assistência ao Parto e puerpério - Consultoria em Aleitamento Materno - Fotos do parto, da família e da gestante

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

2 thoughts on “11/12/13 – E o baby-boom de cesáreas agendadas

  • CAMILA DIAS

    Olha você não deve querer que sua opinião seja aceita por todos por você achar que tem experiência suficiente em partos normais e cesarianas. Ao contrário do que você diz e de acordo com as condições oferecidas, no caso da saúde, no país em que vivemos BRASIL a história que vejo em hospitais é totalmente diferente, na minha cidade no último mês dois bebês morreram porque não eram para ter nascido pelo parto normal e sim cesária, além do sofrimento e das humilhações que as mães passam nos hospitais. Entendo que o trabalho de parto deva ser valorizado só que colocar uma mulher nessa situação sem saber exatamente suas condições e limitações físicas é muita crueldade. Do mesmo jeito que você conhece vários casos de cesária “desnecessárias” e partos humanizados de “sucesso”, também conheço inúmeras histórias de cesárias que foram bem sucedidas. Entendo que o blog é seu e você escreve nele o que bem entender, tente considerar apenas que induzir pessoas com suas opiniões radicalistas não parece ser o melhor para todas as grávidas que estão com dúvidas a respeito do parto.

    • Gisele Leal Post author

      Olá Camila, obrigada por emitir sua opinião.
      O que é melhor para todas as grávidas que estão com dúvidas a respeito do parto???
      No meu blog escrevo recomendacoes baseadas em minha experiencia pessoal e profissional e também baseada em evidências científicas atualizadas e fatos e dados reais (% de cesáreas por exemplo).
      Entendo que todas as mulheres, grávidas ou nao, podem (eu diria até que devem!!) buscar informações para tomar as decisões que fazem sentido para si, como eu fiz para mim.
      Te desejo sucesso em suas buscas.